Skip to content

TRITÕES: VILA VELHA PARA E HOMENAGEIA OS CAMPEÕES BRASILEIROS

13 de dezembro de 2010

 

  

Saulo (#23): corrida para o touchdown da vitória e para a História.

Jessé (#43) e Bods (#20): bicampeões brasileiros de futebol americano

Desfile em carro aberto do Corpo de BombeirosO carro do Corpo de Bombeiros ficou pequeno para o TritõesOs jogadores se penduraram na viatura para o desfile em Vila Velha

 

José Caldas da Costa, 36 anos de crônica esportiva

Daqui a 100 anos, quando se escrever a história do futebol americano no Brasil, os historiadores vão registrar que em Vila Velha, maior cidade do Espírito Santo, um grupo de garotos teve a ousadia de desafiar as tradições e adotar um esporte cujas regras são difíceis de compreender, principalmente para nós, brasileiros, acostumados com as conquistas obtidas em um outro esporte de língua inglesa, o football (literalmente, pé na bola ou no balão), que entre nós virou, simplesmente, futebol, a modalidade em que mais nos tornamos conhecidos mundialmente.

Muito mais difícil ainda é para as mães verem seus meninos levando trombadas e pancadas, mesmo quando a bola está muito longe deles. Para os pais, nem tanto. Até gostam da virilidade da molecada praticando esse “esporte de macho”. No fundo, entretanto, pode-se crer que o futebol americano é menos agressivo do que o futebol tradicional. Principalmente, quando praticado com a devida proteção, como acontece no Torneio Touchdown, o equivalente ao Campeonato Brasileiro.

Haverá um dia em que o Brasil inteiro jogará o futebol americano. O campeonato nacional reunirá equipes de todos os Estados. Será tão grande a competição que precisará ser regionalizada antes de ser dividida por divisões – primeira, segunda, terceira e quarta. E o título da primeira terá mais comemoração do que hoje acontece com o próprio futebol, ou soccer, para os americanos.

Mas, quando esse dia chegar, o Vila Velha Tritões será reverenciado: no primeiro ano em que disputou o Campeonato Brasileiro, tornou-se campeão. E de forma mais consagradora não poderia ser: em pleno Estádio da Vila  Belmiro, que viu a consagração do maior ídolo do futebol mundial, o Rei Pelé, e mais recentemente vê nascer um promissor talento, Neimar, do Santos.

E melhor ainda: suplantando, de forma incontestável, por 7 a 0, um adversário que tem o nome de um clube tradicional do outro futebol, o Vasco da Gama, que assimilou o já formado time do Patriotas, do Rio de Janeiro. Para o Espírito Santo, acostumado a fazer papel de coadjuvante de tudo o que se refere aos grandes centros, é um momento de glória, devidamente celebrado.

No ano de 2009, quando foi organizado o primeiro Torneio Touchdown, o Vila Velha Tritões ainda não estava preparado com equipamentos para disputá-lo – cada jogador comprou seu próprio equipamento, que é importado. Três atletas do time viajaram vários finais de semanas, com seus próprios recursos, para disputar o torneio e se tornaram campeões brasileiros com o Fluminense Imperadores, do Rio de Janeiro: Jessé, Bods e Vitor Quintas. Portanto, os três sagraram-se, em 2010, bicampeões brasileiros junto com o Tritões.

No retorno dos meninos campeões, após 19 horas viajando de ônibus, lhes esperava uma viatura do Corpo de Bombeiros e centenas de carros, de parentes, amigos, namoradas ou, simplesmente, de admiradores, que lotaram várias vezes o modesto campo do Tupy, na Toca, a casa do Vila Velha Tritões durante toda a fase anterior à final com o Vasco. O desfile em carro aberto, com muito barulho e empolgação, percorreu toda a orla de Itaparica, Itapoã e Praia da Costa e terminou na Praça Duque de Caxias, no Centro, exatamente de onde, na quinta-feira, dia 9, partiu o “Expresso da Vitória”.

No dia seguinte, segunda-feira, 13, toda a mídia se rendia àqueles que deram ao Espírito Santo o primeiro e mais comemorado título de esportes coletivos da história de todas as modalidades. E a semana vai ser toda de comemoração: na quarta, dia 15, serão recebidos pelo prefeito da cidade, Neucimar Fraga, para uma homenagem especial (justiça seja feita, o apoio da municipalidade foi fundamental nessas alturas), às 17 horas, e articula-se serem recebidos em Palácio próprio governador do Estado, Paulo Hartung.

A semana de comemorações deverá se encerrar de um jeito muito particular, que marcou a caminhada do Vila Velha Tritões: de joelhos, num culto de gratidão na Segunda Igreja  Batista da Praia da Costa, onde congregam alguns de seus jogadores, como os irmãos José (#21) e Jessé (#43), e cujo pastor, Vanedson Ximenes, é um fã do futebol americano e já se comprometeu a trazer uma equipe norte-americana, juntamente com técnicos, para intercâmbio e workshop de aperfeiçoamento dos atletas.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Sergio Manfredo permalink
    13 de dezembro de 2010 19:49

    Tio Caldas,

    Somente o Senhor para fazer tais discursos. Quero agradecer cada momento que o senhor me acolheu em sua casa. Cada momento que o Senhor e a minha querida tia proporcionou com almoço e varias vezes nos serviu aguar e termogetico.

    Tio, tive o prazer de dividir quarto com o meu nobre colega Jesse, que por algum motivo foi quem mais me acalmou em momento de nervosismo na noite que antecedeu o jogo.

    Como um menino, chorei, pois foram varias derrotas engasgadas. Mas como o Senhor Jesus Cristo colocou para todo o seu povo os dois lados de sua face, e se quer retrucou com seu PAI; O Vila Velha Tritões se recuperou de todas as surras, todas as porradas que tomaram, e mostraram que 4 anos de experiencia com derrotas tornaram o ano de 2009 e 2010 anos cobertos de medalhas e troféus.

    Obrigado por cada palavra, e considere-se um campeão.

    Abraços de Serjão ( C/OT/OL) #69 Vila Velha TRITÔES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: