Skip to content

DILMA ROUSSEF, REDE GLOBO E REDE RECORD

2 de janeiro de 2011

Valdomiro Santiago, líder da Igreja Mundial: nova arma da Globo contra Edir Macedo?

Edir Macedo com Lula: aliança da religião com o poder político

José Caldas da Costa, 36 anos de jornalismo 

Uma sutileza marcou a cobertura da posse da presidenta Dilma Roussef pelas Redes de Televisão: a guerra fria travada entre a Globo e a Record desde o primeiro dia do novo governo para ver quem vai levar vantagem.

Tive a curiosidade de acompanhar a cobertura de praticamente todos os quatro principais canais da TV aberta – SBT, Band, Record e Globo -, o que em outros tempos seria impossível pelo fato de eles, teimosamente, apresentarem seus telejornais no mesmo horário.

Minha memória me lembra de um desafio feito ao vivo pelo apresentador Silvio Santos, dono do SBT, a Roberto Marinho, quando o dono da Globo ainda estava vivo, para que as duas emissoras mostrassem seus telejornais em horários diferentes para possibilitar aos telespectadores uma maior opção de acesso à informação. A pretexto do “horário de verão”, a Globo passou seu Jornal Nacional recentemente para 20h30 – na verdade, estava perdendo audiência.

O tempo passou, SBT e Globo não estão mais sozinhos, pelo contrário, passaram a ter forte concorrência da Record e da Band, o que foi muito bom para os jornalistas: antigos rostos globais, por exemplo, desfilam hoje por todos os outros canais. E, nesse tempo, quem mais cresceu foi a Rede Record, a partir do momento em que foi comprada pelo fundador e presidente da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), Edir Macedo.

Nos últimos anos, Globo e Record acentuaram suas diferenças. A Record contratou profissionais de peso que trabalhavam no jornalismo da Globo e criou uma grade de informativos “à imagem” da emissora dos Marinho. Claro, ainda não tem o poderio da líder, mas já beliscou a liderança de audiência em vários momentos nesse período.

Quando a Globo partiu para o ataque a Edir Macedo, tentando fazê-lo desacreditado perante a opinião pública nacional no Fantástico, a Record saiu na defesa de seu dono e atacou a Globo, demonstrando as origens obscuras da Rede sob os favores da ditadura militar. Parece ter surgido um pacto de não agressão e as duas emissoras cessaram os ataques.

Durante a campanha presidencial, entretanto, Globo e Record demarcaram território. A Globo focou na suposta tentativa do PT de cercear a liberdade de imprensa e tentou fazer crer que Dilma bancaria essa ideia. Tentando mostrar-se paladina da defesa das liberdades individuais e de imprensa, usou seu poderio, procurando mostrar-se, entretanto, com jornalismo independente.

A Record, por sua parte, foi menos pretensiosa. Estava, claramente, na campanha de Dilma Roussef. Foi importante instrumento para neutralizar a campanha surgida nos meios religiosos para fazer crer que Dilma seria a favor do aborto e do casamento entre pessoas do mesmo sexo. E, no dia da posse da presidenta, um olhar atento sobre a cobertura das duas emissoras mostrou que a Record vai partir para cima da liderança da Globo e deverá ser um instrumento importante do novo governo para contrapor a força da outrora toda-poderosa emissora dos Marinho.

A mobilização das quatro Redes de Comunicação foi intensa, mas a Globo e a Record sobraram na frente. A Record sempre mostrando intimidade com o poder, a Globo dando demonstrações de força, com William Bonner direto de Brasília e investindo um bom tempo do Jornal Nacional, na noite de 1º de janeiro, para fazer um “desfile de tropas” em rede nacional. Demonstrar o poder de fogo da Globo, com mais de 200 profissionais mobilizados em Brasília, assemelhou-se aos desfiles militares da guerra fria.

Se não tinha uma força tão grande de “soldados” para mostrar, a Record fez questão de exibir seu Alto Comando em contato direto com a Chefe da República. No Jornal da Record, Celso Freitas, ex-global, apresentou o momento do encontro do “empresário” Edir Macedo com Dilma Roussef, na recepção oficial em Brasília, ao lado dos principais dirigentes da Rede. E imaginar que um dia Edir Macedo já satanizou o PT e suas hostes!

Mas um fato saltou aos olhos: a Globo, que nunca foi de dar importância às grandes mobilizações de grupos evangélicos no Brasil, politicamente atrelada que sempre foi à Igreja Católica – a não ser quando infiltrou seus produtores numa concentração da IURD de Macedo no Maracanã para demonstrar a suposta farra dos coletores de ofertas e dízimos, e atacou o “bispo” e a Igreja em vários telejornais – fez uma suspeita matéria jornalística na mesma edição que mostrou a posse de Dilma.

A Globo mudou de armas contra Edir Macedo. No Jornal Nacional do dia da posse de Dilma, enquanto a Record mostrava o encontro de seus dirigentes com a Presidenta da República, a Globo fazia uma matéria jornalística mostrando a mobilização de evangélicos para lotar o Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Detalhe: a concentração era da Igreja Mundial do Reino de Deus, o novo império religioso comandado pelo “Apóstolo Valdomiro Santiago”, que ameaça o império da IURD de Edir Macedo.

O próprio Valdomiro, um pregador negro, com seu inseparável chapelão na cabeça, com discurso popular e comportamento nem tanto – cruza o Brasil de jato particular, para cima e para baixo, comandando as concentrações religiosas de sua igreja neo-pentecostal   -, foi entrevistado em destaque pelo Jornal Nacional da Globo. Sinal dos tempos?

Anúncios
10 Comentários leave one →
  1. Reginaldo HOrta permalink
    2 de janeiro de 2011 22:40

    Brilhante e inteligente a sua matéeria comparando forças entre gigantes. As manobras asemelham-se ao jogo de xadrez. Ao vencedor o poder.
    No entanto tamboém acredito que não são só demostrações de forças. Dilma é o peixe da vez. Estão tentando achar a isca ideal. Já aconteceu do peixe ser maior e mais matreiro do que se espera e o pescador vira a isca.
    Parabens
    Reginaldo

  2. David Muniz permalink
    2 de janeiro de 2011 22:47

    No Faustão Aline Barros (ex-paquita da satanista Xuxa) e Fernanda Brum (minha cantora predileta) estiveram! Coincidência?

  3. Ly Adorno permalink
    3 de janeiro de 2011 8:15

    Jornalista Caldas cada vez mais me convenço de que os donos das riquezas, os investidos de poderes e as cúpulas religiosas, há dez mil anos vêm, entre si, se mancomunado, e, o povo, os que tem juizo e ou medo, obedecendo; os que têm sonhos ou idéias contraditórias torurados, inquisitoriamente queimados, mortos, vilipendiados pela farsa de maus religiosos, ditaduras de todos os matizes.

    Uma eleição que poderia ser decidida no primeiro turno, com menor gasto e sacrifício do povo, as cúpulas evangélicas, católicas e os donos das riquezas impediram com mentiras, falsidades,desonestamente com vilipêndio ao povo e seus fiéis seguidores que, os mantêm, com seus míseros dízimos, para eles; porém, talvez maior que daquela viúva bíblica observada por Cristo.

    Sua crônica me fez refletir que: pode-se enganar por muito tempo um povo; mas jamais por todo o tempo. Porque esse mesmo povo, chega uma hora que o Senhor todo poderoso em dado momento lança mão para instituir a autoridade que o povo merece. Na paz do senor meu irmão Caldas. Ly Adorno

  4. 3 de janeiro de 2011 13:51

    Outro dia, numa sala de espera, a uma pergunta minha sobre um assunto bíblico bem conhecido da maioria dos cristãos sinceros, uma senhora me respondeu que não sabia nada a respeito. Então perguntei-lhe se na igreja que ela frequentava não lhe ensinavam a Bíblia ao que ela me respondeu: não, lá só fazemos correntes disso ou daquilo. Conclusão: enquanto as pessoas estiverem frequentando templos apenas em busca da “bença” ao invés de aprenderem sobre a Bíblia, estarão sendo massa de manobra dos mercadores da fé que a cada dia enriquecem mais e vivem em busca de mais poder para continuar a manipular as massas. Jesus já ensinava em Mateus que as pessoas erram por não conhecerem as escrituras e o poder de Deus. Abraços meu querido irmão.

  5. Ivando permalink
    3 de janeiro de 2011 16:51

    Caldas, mais uma vez você foi brilhante e sagaz, com grande senso de percepção.
    Confesso que também pensei a mesma coisa ao ver estupefato o JN fazer uma matéria relativamente longa com o Apóstolo (sic) Valdemiro Santiago, uma espécie de agro-pastor ou vaqueiro neo -pentecostal, nascido na remota Palmas – MG, um grotão na divisa com o Estado do RJ, a poucos quilômetros de Miracema, no Noroeste Fluminense. Daí surge a explicação para aquele sotaque de matuto astuto do cidadão em questão.
    Parece que a Rede Globo percebeu que o público que sustenta a Universal não tem o mesmo perfil do público do Padre Marcelo Rossi ou Padre Fabio de Melo da Igreja Católica.
    Resolveu investir então em um sujeito que tem condições de competir na mesma faixa de público, com apelo semelhante, voltado para um sentimentalismo neo-pentecostal, mesclado com audácia e destemor em pedir dinheiro, bem parecido incusive com os primórdios da IURD , lá no início dos anos 1980, quando pessoalmente fiz uma pesquisa com a Igreja Universal e suas táticas de crescimanto, naquele começo avassalador.
    Aliás, sempre me causou curiosidade, saber como a Igreja Mundial do Valdomiro, de uma hora para outra, começou a comprar horários nobres em vários canais de TV.
    Muito provavelmente, já vem sendo financiada por terceiros, interessados em combater o crescimento da Record, que é sustentada com os recursos da Igreja Universal.
    O ano de 2011 parece que será decisivo no ataque de Edir Macedo com a sua Record em cima da Globo.
    Vamos aguardar os próximos capítulos.

  6. Romulo Cabral Silva permalink
    3 de janeiro de 2011 17:58

    Na hora que o homem do chapeu de Cowboy Americano, falei isto já e uma estrategia da rede Globo, pena que no nosso pais o governo deixa as emissoras de televisão colocar no ar qualquer tipo de assunto, e o povo não sabe que este pessoal tem um CONCESSÃO que deveria ter normas para estar transmitido opiniões para este povo tão sem cultura que infelizmente e o nosso, que só se preocupa com Novela, Cobertura de Campeonato Brasileiro, Carnaval, Micaretas e outro tipo de programações. Porque a Rede Globo que tem varios bons programas na sua grade no sabado na parte da manha antes da nove horas, não coloca estes programas em horarios mais nobres, já pensou um Globo Ciência na hora do almoço, eles estão preocupados com audiência quantidade em vez de qualidade de Informação. E por isso que temos de agradecer que um jornalista com seu discurso centrado e correto comente sobre este assunto, professor Caldas vamos continuar assim que sabe um dia a nossa população tem um opinião melhor formado sobre este meios de Comunicações, e tenho que lembrar que este Valdomiro e da terra da minha sogra dona Zelia e o cara não bem quisto na região, deve ter empresário até mesmo da região finaciando o Vaqueiro lembrando que o homem fez aqueles predios que cairam na Barra da Tijuca e de Laranjal bem proxima a Palma, vamos esperar por novos fatos.

  7. Gustavo Rodrigues Wernersbach permalink
    3 de janeiro de 2011 22:08

    Romulo, cabe salientar que não pode dizer que o nosso povo não tem cultura. É fato que nos entristesse muito o que ocorre em nosso estado, e , principalmente em nosso país. Professor Caldas, o senhor está de parabéns pelo gracioso texto redigido e espero que seja nosso professor de Geopolítica. Espero muito que pessoas como o Senhor possam cada vez mais desponterem em nossa sociedade. Poderia estar fazendo qualquer outra “coisa”, mas esta sempre se informando e triturando as informações ( só o filé) para nós. Um grande abraço.

  8. Ivando Viana permalink
    4 de janeiro de 2011 15:56

    O mais desolador é saber que na verdade a briga entre Record e Globo é entre a ´´coisa ruim e coisa pior“, entre Belzebú e Lúcifer, ou seja, tudo a mesma coisa.

  9. Romulo Cabral Silva permalink
    4 de janeiro de 2011 21:35

    Caro Gustavo vou continuar dizendo sim que nosso povo não tem Cultura para diversas áreas inclusive para a politica, e um povo extremamente cru para estes tipos de ações dos meios de comunicações que estão fechando os olhos e mente da grande maioria da população, mas acredito que o amigo não esteja nesta grande maioria e um dia vai ter condições de abrir os olhos e mentes de varios de seus alunos e até mesmo comandados se um dia entrar na PMES. Grande abraço Romulo

Trackbacks

  1. Record e Globo de joelhos perante evangélicos pelas graças das audiências « Blogracio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: