Skip to content

MÁFIA DO APITO: MULTAS MILIONÁRIAS EM ÁRBITRO E NA CBF

27 de fevereiro de 2011

O escândalo da manipulação de resultados no Campeonato Brasileiro de 2005, designado como ‘Máfia do Apito’, teve um importante resultado na Justiça. A 17ª Vara Cível de São Paulo fez uma série de condenações em uma ação proposta pelo Ministério Público, baseada no Fundo de Defesa do Consumidor. O ex-árbitro Edílson Pereira de Carvalho e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) amargam uma multa de R$ 160 milhões que seria dividida entre as partes.

No processo, também houve um resultado negativo à Federação Paulista de Futebol (FPF) junto com o ex-árbitro Paulo José Danelon e o empresário Nagib Fayad. O trio foi condenado à divisão de uma multa de R$ 20 milhões.
A decisão ainda está em primeira instância, portanto todas as partes poderão buscar recursos.

A publicação da condenação será feita na segunda-feira. Advogado da Federação Paulista de Futebol, Carlos Miguel Aidar apresentou, todavia, a realidade: a definição do processo pode demorar até uma década.

“Agora, todas as partes vão recorrer, a ação vai ao Tribunal de Justiça. Mas ainda há outras instâncias. Para facilitar os leigos, a ação deve durar de cinco a dez anos para ser totalmente encerrada”, resumiu o conselheiro do São Paulo Futebol Clube, em entrevista por telefone.

As multas conjuntas, segundo Aidar, podem trazer no futuro mais problemas a entidades como a CBF e a FPF, já que as pessoas físicas teriam dificuldade em arcar com um valor tão alto. “Neste caso, o credor pode executar uma das partes, que aí teria de ir atrás da outra para cobrar a metade do valor”, comentou o advogado.

A ‘Máfia do Apito’ proporcionou uma grande confusão no Campeonato Brasileiro vencido pelo Corinthians em 2005. A CBF decidiu anular os jogos apitados por Edílson Pereira de Carvalho, fato que deu um empurrão ao Timão na reação para ultrapassar o Internacional na classificação.

Fonte: http://br.esportes.yahoo.com/noticias/d-sport-mafia-apito-rende-multas-milionarias-26022011-82.html

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Ivando Viana permalink
    10 de março de 2011 11:29

    O futebol brasileiro está corroído por corrupção. Em 2005 o Corinthians foi beneficiado pela máfia do apito e foi campeão , quando deveria ser o Internacional.
    Porém o roubo vem desde muito tempo atrás. Em 1974, o Vasco foi campeão brasileiro em cima do Cruzeiro de forma vergonhosa, com ajuda da CBD (atual CBF). Aliás, foi esse o motivo principal de me tornar torcedor do Cruzeiro, quando então tinha 9 anos de idade e meus irmãos , todos vascaínos, morando em Campos -RJ, comemoravam um titulo ganho no apito, me causando indignação.

    • 10 de março de 2011 20:08

      Eu me lembro bem desse jogo, Ivando. E me lembro do pênalti vergonhoso sofrido pelo Palhinha e não marcado pela arbitragem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: