Skip to content

O ESPÍRITO SANTO PODE DECIDIR A ELEIÇÃO PRESIDENCIAL EM 2014?

13 de setembro de 2014

Marina e CasãoPor José Caldas da Costa, jornalista há 40 anos.

O Espírito Santo pouco representa no cenário político nacional e tem, dos líderes, uma atenção proporcional ao que eles acham que significamos. Poucas vezes o Estado foi considerado. Numa dessas poucas, foi quando Vitor Buaiz se tornou, em 1994, o primeiro governador eleito pelo PT, depois de ter sido um dos primeiros prefeitos de Capital.

Mas nas eleições de 2014 o Espírito Santo poderá estar no centro das atenções, sim, porque poderá decidir a eleição de Presidente no segundo turno. Em favor de Marina Silva e ganhar importância, finalmente, no cenário do Poder Central da República. Ainda mais, se for chefiado pelo governador do mesmo partido.

Por uma razão simples: hoje, se se confirmassem os índices divulgados pelo Ibope, Marina ganharia Dilma no segundo turno por apenas 1% dos votos. Num cenário equivalente ao de 2010, isso representaria cerca de 1,046 milhão de votos.

As mesmas pesquisas apontam que, num eventual segundo turno, Marina deverá colocar 60% a 40% sobre Dilma no Espírito Santo. Projetando-se o cenário, teríamos Marina com 1,106 milhão de votos no Espírito Santo, contra 737,365 mil para Dilma. Ou seja, a votação capixaba para Marina seria, exatamente, a quantidade de votos suficientes para dar a ela a vitória sobre Dilma Roussef.

ELEIÇÕES EM NÚMEROS

Nas eleições presidenciais de 2010, no primeiro turno, Dilma Roussef (PT) obteve 47.651.434 votos (46,91%), contra 33.132.283 (32,61%) para José Serra (PSDB) e 19.636.359 (19,33%) para Marina Silva (PV).

No segundo turno, Dilma teve 55.752.092 (56,05%), enquanto Serra ficou com 43.710.422 (43,95%). Ou seja, parece que a votação de Marina migrou mais para José Serra do que para Dilma. Éramos 135.804.433 eleitores em todo o Brasil, dos quais 106,6 milhões votaram (78%), mas votos válidos foram 99,462 milhões. Ou seja, 26,76% deixaram de votar por algum motivo, seja por abstenção ou voto em branco ou nulo.

Nas eleições do próximo dia 5 de outubro, 142.822.046 eleitores brasileiros estão aptos a votar. O número representa um aumento de 5,17% em relação às eleições de 2010, quando havia 135.804.433 eleitores registrados na Justiça Eleitoral. Os dados são do  Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Se tivermos o mesmo índice de desperdício de votos, serão 38,219 milhões de eleitores omitindo-se na escolha do Presidente, que sairá da votação de 104,603 milhões de eleitores.

Vamos a uma informação importante: O Espírito Santo tem hoje  2.491.098 aptos a votar em 2014. Ou seja, o “pequeno” Estado do Espírito Santo tem o equivalente a 1,7% do eleitorado nacional.

Em 2010, Dilma teve, no primeiro turno, 717.417 (37,25%) votos capixabas, Serra levou 682.590 (35,44%) e Marina Silva obteve 505.734 (26,26%).  No segundo turno, porém, José Serra venceu Dilma no Espírito Santo. O tucano teve 955.423 (50,83%) votos, enquanto a petista ficou com 924.046 (49,17%).

E os capixabas ficamos com a nítida sensação de que Dilma tratou o Estado com explícita má vontade durante todo o seu Governo, talvez pelo deplorável sentimento de vingança. Praticamente, não pisou em terras capixabas – quando aqui desceu, quase não havia terras para ela pisar, pois o Estado se encontrava quase todo inundado, na maior enchente de sua história.

Marina ganhou Dilma no primeiro turno no Distrito Federal, com 611 mil votos (39,42%), contra 462 mil dados à petista (29,8%). O Espírito Santo deu a Marina a maior votação proporcional, depois do Distrito Federal, e do Rio de Janeiro, onde ela teve 2,293 milhões de votos (28,13%) e superou Serra.

No Espírito Santo, Marina teve 505.734 votos (24,28%), com um detalhe: teve mais votos que a petista nos grandes colégios eleitorais (Vitória e Vila Velha) e brilhou em Cariacica e Serra. E essa votação migrou, na maior parte, para Serra no segundo turno, dando-lhe a vitória em terras capixabas.

Hoje, mais do que nunca, essa força tem um nome: o Espírito Santo tem o maior índice, proporcional, de evangélicos do País. E há uma notória identificação desse segmento religioso com a candidatura Marina Silva.

DEMOCRACIA REPRESENTATIVA

A democracia representativa nacional tem duas casas, compondo o Congresso Nacional: o Senado, representando os Estados, ou seja, as unidades federadas, e a Câmara dos Deputados, representando a população, proporcionalmente. O Senado é um “Conselho da República”, por isso, seus membros precisam ter no mínimo 35 anos de idade. Na Câmara, basta ter 18 anos de idade.

O senador é eleito para oito anos de mandato e, enquanto a Câmara dos Deputados pode se renovar em 100% a cada quatro anos, no Senado é diferente: a renovação se dá em duas etapas, em 2/3 e 1/3. Ou seja, é por isso que, por exemplo, em 2014, vamos dar apenas um voto para senador. Dos três senadores, todos os Estados poderão trocar um, ou manter o que está lá. Daqui a quatro anos, vamos votar em dois senadores, pois o Senado se renovará em 2/3.

No Espírito Santo, em 2014, vamos eleger apenas um senador para a vaga, que originalmente foi ocupada por Renato Casagrande. Entretanto, ao se eleger governador, Renato Casagrande foi substituído por sua suplente Ana Rita Esgário (PT), uma assistente social de boas posições políticas, mas sem densidade eleitoral – tanto que termina seu mandato este ano como mera candidata ao ostracismo. Daqui a quatro anos vamos eleger dois senadores: ou renovamos as mandatos de Ricardo Ferraço e Magno Malta ou mandamos outros no lugar deles.

Na Câmara, os 10 deputados do Espírito Santo têm pouco peso numa Casa com 513 membros. Acabam sendo meros despachantes de interesses de seus redutos eleitorais.

EM TEMPO: Hoje, 14 de setembro de 2014, comemoro 40 anos de jornalismo. Nessa data, em 1974, com 14 anos de idade, publiquei a minha primeira matéria num jornal de grande circulação, A Tribuna, como correspondente em Alegre – ES. 

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Roney Mayerhofer Manhaes permalink
    14 de setembro de 2014 3:38

    Muita lógica! Parabéns pelos 40 anos de jornalismo!

  2. 10 de outubro de 2014 18:18

    Olha minha previsão do número de votos válidos, Roney, e confira o que deu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: